quinta-feira, 14 de maio de 2015

Notícias

CEBI-PE: Dai-lhes vós de comer - Assembleia Estadual 2015

Terça-feira, 12 de maio de 2015 - 17h17min

http://www.cebi.org.br/noticias.php?noticiaId=5642



Foi num contexto de quaresma que preparamos, conjuntamente, a nossa assembleia estadual.  E, na alegria da ressureição que a realizamos em Caruaru – Alto do Moura, na Sede da Associação CRER e SER, nos dias 11 e 12 de abril de 2015.

Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos? João 6:9. O povo do Agreste ofereceu os lanches, a Associação CRER e SER o espaço, as Irmãzinhas da Assunção e o povo de Caruaru acolheu para a dormida. Cada participante deu um pouco do seu e assim se fez. 

A assembleia iniciou (11/04) com um estudo dirigido por Dom Sebastião Armando Gameleira sobre metodologia e conteúdo da leitura popular da Bíblia. De fato, o nosso assessor, com rápidas pinceladas, nos motivou a buscar na atual conjuntura política, social, econômica, cultural e religiosa do Brasil e do mundo os nossos caminhos metodológicos e conteúdos programáticos. Foi como se nos dissesse que o maior desafio e motivação para ler a Bíblia deve continuar sendo a vida. E, é ela mesma, a vida, que faz as perguntas e dá as respostas.

Dando continuidade, no domingo (12/04), dia consagrado ao Deus da vida, e, portanto à convivência entre os que se amam, elegemos os/as coordenadores/as Benedito, Valquíria e Godoy (Sertão Petrolina), Davi, Ivani e Zé Cardoso (Agreste), Josélio -representante do estado junto ao Regional, Sônia, Vera e Sílvia (Litoral). 

Seguindo, incorporamos ao planejamento do estado as reflexões e sugestões que enviaremos ao CEBI Nacional, como contribuição do estado para a elaboração do Plano Trienal Nacional. Deste modo, assumimos os eixos Juventudes e Justiça Socioambiental, acrescendo, como especificidade de Pernambuco, o eixo Formação para Assessoria.

Juventudes

Problemas que destacamos: 
• Uso de drogas;
• Mídias sociais e a não educação para o uso;
• Redução da Maioridade Penal.

As mudanças que queremos:
• Processos metodológicos adequados às demandas especificas das juventudes de modo a despertar o interesse pela LPB e seus frutos;
• Jovens incluídos em todas as instâncias do CEBI;
• Jovens voltados para a vida comunitária.

As ações que planejamos:
• Construir comunidade com as pessoas jovens das nossas relações (começar em casa, no trabalho, no nosso entorno);
• Promover formação bíblica e consequentemente comunitária voltada para Jovens e Adolescentes (ex: Escola Bíblica, Círculo Bíblico).

Justiça Socioambiental

Problemas que destacamos: 
• Uso indevido da água (acesso, tratamento, utilização, esgotamento sanitário);
• Uso indiscriminado e criminoso de defensivos agrícolas;
• Desmatamento.

As mudanças que queremos:
• Pessoas e comunidades sendo conscientizadas de que a utilização dos recursos naturais e o trato com a terra é uma questão de ética e responsabilidade humana.

As ações que planejamos:
• Assumir como temas transversais e imprescindíveis em todos os eventos do estado momentos de reflexão acerca de assuntos tais como: uso ético da água, segurança alimentar, agricultura orgânica, resistência das pessoas que fazem agricultura familiar.
• Incorporar aos nossos encontros práticas responsáveis, tais como: separação do lixo, alimentação saudável, exercícios físicos, etc.

Formação para Assessoria

Problemas que destacamos: 
• Ausência de formação para pessoas oriundas de grupos de aprofundamento e já com capacidade para assessorar, porém sem oportunidade de partilha do conhecimento com assessores/as mais experientes;
• Necessidade de reciclagem de assessores/as que estão na caminhada a algum tempo, face aos desafios da atualidade.

As mudanças que queremos:
• Novos assessores em processo de formação permanente;
• Assessores experientes em processo de atualização e partilha das experiências acumuladas;
• Espaço propício para refletir sobre metodologia e conteúdo partir da realidade do estadão.
 
As ações que planejamos:
• Criação de uma Escola Bíblica Estadual de Assessores – com a assessoria de Dom Sebastião Armando Gameleira.

Depois de um almoço regado a sarapateu, carne de sol e outras iguarias da terra, no meio de uma tarde ensolarada, típica do agreste Pernambucano, embaixo de um pé de juá, inspirados/as  pelo envio relatado em Lucas 10,1-16, seguimos, aos grupos para nossas regiões, revigorados/as para continuar a missão.

Muito ainda se poderia falar sobre a assembleia, por agora, partilhamos a alegria de saber que os resultados esperados e ações planejadas, serão os frutos recolhidos nos muitos balaios tecidos pela solidariedade entre os pobres. 

Recolheram-nos, pois, e encheram doze alcofas de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido. João 6:13.

Recife, abril/2015

Sílvia Souza
Nova coordenação estadualAssembleia CEBI-PE 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário